Carisma da Congregação dos Oblatos de São José

Fundamentos Bíblicos do Carima dos Oblatos de São José

Col 3,1-3

“Portanto, se ressuscitastes com Cristo,procurai as coisas do alto, onde Cristo está sentado à direita de Deus; aspirai às coisas do alto, não às terrena. POIS MORRESTES, E A VOSSA VIDA ESTÁ ESCONDIDA EM CRISTO, COM DEUS”.

Aprofundando

O cristão (ã) é morto (a) um ressuscitado (a) com JC e tem a vida nova em si (Rm 6), e portanto não pode se dar ao luxo de perder tempo, apegando-se às coisas da terra;seria como um voltar à escravidão. Agora a vida do cristão (ã) deve ser só “buscar as coisas do alto” “ aspirar às coisas do alto” pois já estamos mortos ( para o pecado: Rom 6,2)) e vivemos “ESCONDIDOS EM CRISTO”. Esta expressão: “ escondidos em Cristo” é: no coração de Cristo;na intimidade de Cristo; amados por Cristo; entregues a Cristo; abandonados em Cristo.É um viver em Cristo, vivência profunda da graça santificante, busca da santidade. É experiência mística José viveu exatamente isto nos anos de Nazaré:escondido em Cristo seu filho e ao mesmo tempo seu Deus.. Em Cristo tinha tudo, ainda mais com Maria. Eis porque viveu o silêncio, o abandono na Providência, a humildade… e foi o maior místico da história, depois de Maria.

Apostolicidade; Filp 2,20-21

“Não tenho ninguém que se iguale a ele( Timóteo) em sua genuína preocupação por vós; pois todos procuram o próprio interesse, e não OS INTERESSES DE JESUS CRISTO”

2.20 – Paulo está no cárcere, mas continua se preocupando da comunidade de Filipos e lhe envia Timóteo seu fiel colaborador que diz ter uma “ genuína preocupação por vós”.
2.21) Paulo parece ter um desabafo, e da preocupação com a comunidade passa aos “interesses de Jesus Cristo”, algo mais abrangente e profundo. Mas Paulo está consciente que vai ser condenado à morte (ver v 17) mas sua esperança é JC.(ver v 24)

Aprofundando

Timóteo é aqui colocado como exemplo de pastor que cuida dos interesses do rebanho; indiretamente Paulo se coloca na mesma dimensão.. São exemplos do Bom Pastor que cuida das ovelhas (Jo 10).O que surpreende (mas só a aparentemente) é a passagem que Paulo faz da preocupação com a comunidade de Filipos aos interesses de Jesus. Para ele os interesses da comunidade e de Cristo são a mesma coisas.( ou seja: trabalhar para Cristo e para Igreja é no fundo a mesma coisa).

O cristão (ã) que vive escondido (a) em Cristo (carisma espiritual), agora pode cuidar dos interesses de Cristo, único amor de sua vida, que nada mais são do que os interesses da Igreja de Cristo. José “fez”(Mt1,24) exatamente isto: cuidou de Jesus, o protegeu,o defendeu, lhe deu um nome e descendência davídica, lhe deu trabalho, família, cuidou dele menino, jovem.( Muitos textos do Marello falam isto)A família de Nazaré é de certa forma o início da Igreja, uma Igreja “ in nuce”.Por isto que S. José é justamente colocado como Padroeiro da Igreja Universal.

S. José Marello ficou fulgurado por esta figura de José disponível e aberto a “tudo” conforme a Providência e quis que seus filhos cuidassem como José dos interesses de Jesus, ou seja da Igreja, conforme lemos nos seus escritos e recolhemos nas Constituições 1/2/3. Hoje cabe a nós, na leitura dos sinais dos tempos, continuar esta aventura.

Pe. Mario Guinzoni OSJ