Apostolado Educacional

 

Educar para Humanizar com os valores Cristãos e Humanos, pela cidadania, em vista da dignidade e da paz.
Um ensaio de compreensão do desafio educativo de índole cristã e humanista
Visão de um Cristão, Oblato de São José
Pe. Mauro Negro, OSJ*

“Educar para Humanizar” — Além de uma simples ideia que pode ser trabalhada de modos diversos, a expressão aqui utilizada, “Educar para Humanizar”, é uma proposta de projeto e até um paradigma. Não se refere somente à educação formal, embora seja ela que ocupe, em grande parte, a atenção de quem escreve e, talvez, de quem lê. Tampouco detém-se na educação da Fé ou para a Fé, ainda que este assunto mereça atenção e seja oportuno para debate.

A Educação Cristã, aqui grafada com maiúsculas, é empenho de humanização e crescimento cultural e cívico. No fim das contas, o que se quer dizer é — É bom, realmente prazeroso, educar para humanizar.

O Colégio São José, o Colégio Padre João Bagozzi, a Faculdade Bagozzi, o Centro de Educação Infantil “O Girassol”, o Centro Social Marello, a Creche Menino de Nazaré e outras unidades aqui representadas são parte de uma Instituição maior. Trata-se da Igreja Católica Apostólica Romana. Ela tem Identidade, Doutrina e História. Dentro da Igreja Católica existem instituições, mais antigas e mais novas, que desempenham e desempenham papeis muito específicos em sua estrutura. São as Ordens ou Congregações Religiosas. Estas Ordens ou Congregações mantêm, dentro de sua estrutura formal ou à sua sombra, historicamente, instituições de educação.

Uma destas Congregações Religiosas chama-se “Oblatos de São José”. Fundada pelo Santo José Marello quando era Padre, sendo depois Bispo de uma cidade no Piemonte, em 1878, os Oblatos de São José têm, em sua estrutura formal, a dimensão educativa em sentido lato. Em outras palavras, para os Oblatos a Educação é para a Fé, para a Ciência e para a Cidadania.

Acesse Nossas Obras

  • Logotipo
  • Logotipo
  • Logotipo
  • Logotipo