Orações de São José

Consagração a São José
Dores e Alegrias de São José
Ladainha de São José
Orações a São José
Terço de São José
 

Consagração a São José

Ó glorioso Patriarca São José,
que nestes tempos difíceis e empenhativos
a Igreja invoca como poderoso intercessor,
voltai benigno o olhar para a Congregação,
que hoje vos renova o seu ato de consagração,
proclamando-vos como seu protetor e pai.
Reunidos diante de Vós,
nós vos fazemos a oferta humilde de nós mesmos
e de toda a nossa Congregação:
tomai posse de tudo como coisa vossa;
guardai-nos e defendei-nos,
como um dia guardastes e defendestes
a Sagrada Família de Nazaré.
A Vós confiamos os nossos sacerdotes,
os nossos irmãos, os clérigos professos,
os noviços e todos os nossos seminaristas.
Purificai os seus corações,
santificai os seus afetos,
guiai as suas inteligências
e tornai-os apóstolos dignos da vossa Igreja,
por cuja obra de salvação no mundo nós todos trabalhamos
e trabalharemos sempre
com o zelo de filhos obedientes e devotos.
Abençoai, São José,
todas as casas e obras confiadas à nossa Congregação.
Abençoai os religiosos
e as comunidades religiosas.
Dai, vos suplicamos,
o espírito de zelo a nossos sacerdotes,
o espírito de fortaleza a nossos missionários,
o espírito de sabedoria a nossos formadores,
o espírito de piedade e operosidade a nossos irmãos,
o espírito de fé aos clérigos professos,
aos noviços e aos seminaristas.
Nosso fiel protetor, que tivestes em vossos braços Jesus,
Salvador e Redentor de todos os homens,
protegei e preservai a nossa Congregação
e cada uma de nossas Províncias e Delegações.
Abençoai em particular a nossa Província:
fazei que tenha boas vocações,
que leve a toda parte o vosso espírito de humildade,
de oração e de laboriosidade.
Vós que sustentastes o Divino Redentor,
salvação de todos os homens,
guiai pelos ásperos caminhos da vida
os seminaristas e todos os membros do povo de Deus,
de nossas paróquias, dos colégios
e em todas as nossas obras.
Vós, que no Menino Jesus
amastes toda a humanidade redimida,
inflamai de zelo apostólico as nossas almas,
e fazei que a nossa vida, como a vossa,
seja coroada por uma morte santa
entre os braços de Jesus e de Maria.
Amém.

 

Dores e Alegrias de São José

1. Ó puríssimo esposo de Maria Santíssima, glorioso São José, assim como foi grande a amargura e a angústia do vosso coração na perplexidade de abandonardes a vossa castíssima esposa, também foi inexplicável a vossa alegria quando pelo Anjo vos foi revelado o soberano mistério da Encarnação.
Por esta vossa dor e por esta vossa alegria, rogamo-vos a graça de consolardes, agora e nas extremas dores, a nossa alma com a alegria de uma boa vida e de uma santa morte, semelhante à vossa, entre Jesus e Maria.
Glória ao Pai…

2. Ó felicíssimo Patriarca, glorioso São José,
que fostes escolhidos para o cargo de pai adotivo do verbo humanado, a dor que sentistes ao ver nascer em tanta pobreza o Deus Menino se vos trocou em celestial júbilo ao escutardes a angélica harmonia e aos verdes a glória daquela brilhantíssima noite.
Por esta vossa dor e por esta vossa alegria, obtendo-nos a graça de nos alcançardes que, depois desta vida, passemos a ouvir os angélicos louvores e a gozar os resplendores da glória celeste.
Glória ao Pai…

3. Ó obedientíssimo executor das leis divinas, glorioso São José, o sangue preciosíssimo que na circuncisão derramou o Redentor Menino vos traspassou o coração: mas o nome de Jesus vô-lo reanimou, enchendo-o de contentamento.
Por esta vossa dor e por esta vossa alegria, alcançai-nos que, sendo arrancados de nós todos os vícios desta vida, com o nome castíssimo de Jesus no coração e nos lábios, expiremos cheios de confiança.
Glória ao Pai…

4. Ó fidelíssimo santo, que também tivestes parte nos mistérios de nossa Redenção, glorioso São José, se a profecia de Simeão a respeito do que Jesus e Maria tinham de padecer vos causou mortal angústia, também vos encheu de soberano gozo pela salvação e gloriosa ressurreição que igualmente predisse teria de resultar para inumeráveis almas.
Por esta vossa dor e por esta vossa alegria, obtendo-nos que sejamos do número daqueles que, pelos méritos de Jesus e pela intercessão da Virgem Maria, têm de ressuscitar gloriosamente.
Glória ao Pai…

5. Ó vigilantíssimo guarda, familiar íntimo do Filho de Deus encarnado, glorioso São José, quando penastes para alimentar e servir o Filho do Altíssimo, particularmente na fuga que com ele tivestes de fazer para o Egito. Mas qual não foi também a vossa alegria, tendo sempre convosco, a confortadora presença de Jesus e de Maria.
Por esta vossa dor e por esta vossa alegria, obtendo-nos que, superando os perigos do mundo e as insídias do demônio, unidos a Jesus e a Maria, consagremos nossa vida ao serviço de Deus e do próximo.
Glória ao Pai…

6. Ó protetor das famílias, glorioso São José, se a volta do Egito foi tumultuada pelo medo de Arquelau, causou-vos grande consolação o sereno convívio de Nazaré, onde Jesus, na obediência, quis ser por Vós preparado para a vida e para o trabalho.
Por esta vossa dor e por esta vossa alegria, estendei-nos que sejamos libertados dos temores e apreensões, para que cumpramos nossos deveres no sereno ambiente da família e do trabalho, sob o olhar paternal de Deus.
Glória ao Pai…

7. Ó exemplar de toda a santidade, glorioso São José, perdestes sem culpa vossa o Menino Jesus e, para maior angústia, tivestes de procurá-lo por três dias, até que com sumo júbilo o encontrastes no templo entre os doutores.
Por esta vossa dor e por esta alegria, suplicamo-vos com o coração nos lábios, de interpordes o vosso valimento para que nunca nos suceda perdermos a Jesus por culpa grave. Mas, se por suma desgraça o perdermos, fazei que com tão viva dor o procuremos, que o achemos favorável, especialmente na nossa morte, para passarmos a gozá-lo no céu e cantarmos eternamente convosco as suas divinas misericórdias.
Glória ao Pai…

 

Ladainha de São José

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós,
Senhor, tende piedade de nós.
Cristo, ouvi-nos
Cristo, atendei-nos

Deus Pai dos céus, tende piedade de nós
Deus Filho, Redentor do mundo, tende piedade de nós
Deus Espírito Santo, tende piedade de nós
Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós
Santa Maria, rogai por nós
São José, rogai por nós
Ilustre filho de Davi, rogai por nós
Luz dos Patriarcas, rogai por nós
Esposo da Mãe de Deus, rogai por nós
Casto defensor da Virgem, rogai por nós
Nutrício do Filho de Deus, rogai por nós
Desvelado defensor de Cristo, rogai por nós
Chefe da Sagrada Família, rogai por nós
José justíssimo, rogai por nós
José castíssimo, rogai por nós
José prudentíssimo, rogai por nós
José fortíssimo, rogai por nós
José obedientíssimo, rogai por nós
José fidelíssimo, rogai por nós
Espelho de paciência, rogai por nós
Amante da pobreza, rogai por nós
Modelo dos operários, rogai por nós
Glória da vida doméstica, rogai por nós
Guarda dos virgens, rogai por nós
Sustentáculo das famílias, rogai por nós
Alívio dos infelizes, rogai por nós
Esperança dos enfermos, rogai por nós
Padroeiro dos moribundos, rogai por nós
Terror dos demônios, rogai por nós
Protetor da Santa Igreja, rogai por nós

D. O Senhor o fez dono de sua casa.
T. E príncipe de todos os seus bens.

Cordeiro de Deus,
que tirais o pecado do mundo,
perdoai-nos Senhor.
Cordeiro de Deus….
ouvi-nos Senhor.
Cordeiro de Deus……
tende piedade de nós

Oremos:
Deus Todo-Poderoso, que no vosso desígnio de amor quisestes confiar o início de nossa Redenção à guarda de São José, por sua intercessão concedei à Igreja a mesma fidelidade em conduzir a termo a obra da salvação. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

 

Orações a São José

01. Ó glorioso São José, que depois da Bem-aventurada Virgem Maria foste o primeiro a receber em teus braços o Redentor: Sê o modelo em nosso ministério, que como o teu, foi ministério de íntima relação com o Verbo Divino. Ensina-nos, assiste-nos e faze-nos dignos membros de tua Sagrada Família.

02. São José, Patrono da vida interior, que fizestes de vosso silêncio admirável um diálogo contínuo com Deus e uma escuta da sua Vontade, fazei que também nós aprendamos a viver em oração alegre e constante e estejamos sempre disponível à voz e à presença divina.

03. São José, patrono das famílias cristãs, a vós recomendamos todos os membros de nossa casa: os pais e os filhos, os idosos e os jovens. Fazei que cresçam sempre mais na concórdia, na unidade e no amor mútuo.

04. São José, que tivestes a singular tarefa de amar com coração de pai e de educar para a vida Jesus, o Filho de Deus feito homem, protegei nossos jovens dos perigos e das tentações sedutoras do mundo, mantendo-os firmes na fé, e orientai sua generosidade para o bem e para a caridade em favor de todos.

05. São José, que conhecestes o peso do trabalho e do cansaço para sustentar Jesus e Maria, protegei nosso trabalho, afastai de nós todo perigo e fazei que nunca nos faltem os meios para sustentar com dignidade nossas famílias.

06. São José, que fostes escolhido por Deus para ser o guarda do Salvador e o esposo da Virgem Imaculada, obtende-nos de Deus as graças que necessitamos para corresponder fielmente ao plano de amor que Deus tem para cada um de nós.

07. São José, que amparastes e guiastes os primeiros passos do Menino Jesus em sua vida na terra, dignai-vos amparar e guiar também a nós nos caminhos da graça, de modo que possamos alcançar, sem desvio, o prêmio que nos espera no céu.

08. São José, vós que vivestes ao lado de Jesus e de Maria vossa vida terrena e cercado por elas passastes à glória eterna, assisti-nos em cada momento do nosso viver e fazei que também a nós seja concedido um dia morrer com os nomes de Jesus e de Maria nos lábios, em paz com Deus e com os homens.

09. São José, guarda de Jesus e esposo puríssimo de Maria, que passastes a vossa vida no cumprimento perfeito de dever, sustentando com o trabalho de vossas mãos a Sagrada Família de Nazaré, protegei-nos propício a nós que, confiantes, recorremos a vós, para que saibamos encontrar em vós o nosso protetor.
Experimentastes a provação, o cansaço e o labor, mas vosso coração, repleto da paz mais profunda, exultou de alegria pela intimidade com o Filho de Deus que vos foi confiado, e com Maria, Mãe dulcíssima; ajudai-nos a compreender que não estamos sozinhos no trabalho, a descobrir Jesus ao nosso lado, a acolhê-lo com a graça e a custodiá-lo fielmente, como vós fizestes.
Fazei que em nossa família tudo seja santificado na caridade, na paciência, na justiça e na busca do bem. Amém.

10. Jesus amorosíssimo, com as inefáveis virtudes e os exemplos de vossa vida doméstica, santificastes a família que escolhestes na terra: guardai bondoso a nossa família, que prostrada diante de Vós vos invoca propício. Lembrai-vos que é família vossa, porque especialmente dedicada e consagrada a Vós.
Assisti-a benigno, defendei-a de todo perigo, socorrei-a em suas necessidades e concedei-lhe a graça de permanecer firme na imitação da vossa Santa Família, para que servindo-vos fielmente e amando-vos na terra, possa depois bendizer-vos eternamente no Paraíso.
Maria, Mãe dulcíssima, à vossa intercessão recorremos, certos de que o Filho divino ouvirá vossas orações.
E vós também, glorioso patriarca São José, socorrei-nos com vossa intercessão poderosa e oferecei, pelas mãos de Maria, nossos votos a Jesus.
Jesus, Maria e José, iluminai-nos, socorrei-nos, salvai-nos. Amém.

11. São José, modelo e patrono dos trabalhadores, dirigimo-nos a Vós com confiança. Ajudai-nos a encontrar no trabalho não só o nosso sustento diário, mas também uma fonte de merecimento para a vida eterna.
Vivendo ao lado de Jesus, Filho de Deus, e de Maria, sua Mãe, tivestes o privilégio de penetrar suas intenções sublimes; concedei-nos que tenhamos o trabalho em grande estima, assim como Vós o amastes. Fazei que trabalhemos com espírito de penitência, com dedicação e paz, sabendo que estamos fazendo a vontade de Deus, que nos chama a continuar e aperfeiçoar a obra da sua criação. Que consideremos a nossa vida como uma jornada de trabalho e de semeadura, na esperança do repouso e da colheita na eternidade.
Amém.

12. São José
que fostes tão diligente e assíduo no trabalho
para manter Jesus e Maria,
concedei também a nós
que trabalhemos sempre com grande empenho e diligência, tendo o cuidado de santificar o nosso trabalho,
oferecendo-o generosamente ao Senhor,
e de partilhar os seus frutos com nossos familiares
e com os pobres e mais necessitados.
Amém.

13. Lembrai-vos esposo puríssimo da Virgem Maria,
São José meu amável protetor,
que nunca se ouviu dizer
que nenhum daqueles que invocaram a vossa proteção
e imploraram o vosso auxílio tivesse ficado sem consolação.
Animado com igual confiança,
venho à vossa presença e me recomendo a vós
com muito fervor.
Não desprezeis as minhas súplicas,
pai virginal de Jesus,
mas acolhei-as com bondade e escutai-as.

14. São José, que fostes escolhido pelo Pai para ser o guarda do Salvador e da Virgem Imaculada, obtende-nos de Deus as graças de que necessitamos para corresponder fielmente ao desígnio de amor que Deus teve para cada um de nós quando nos criou e auxiliai-nos a prosseguir em nossa vocação.
Ajudai os jovens chamados por Deus a seguir a sua vocação, para conseguirmos novos operários para a Igreja e novos apóstolos para o Reino de Deus. Amém.

15. São José nós nos recomendamos com confiança a Vós, pois fostes tão humilde que não quisestes ser considerado em nada, mantendo-vos sempre escondido na sombra e atribuindo todo merecimento a Maria; concedei-nos a amizade e a união íntima com Jesus

16. São José concedei-nos a tranqüilidade de espírito alicerçada na humildade, isto é, a humildade do coração.

17. Vós, José que fostes tão humilde e tivestes a felicidade de viver em companhia de Jesus, meditando em tudo o que Ele fazia, falai ao nosso coração e concedei que aprendamos tudo sobre a vida de Jesus, tão santa e tão imitada por vós.

18. Ave, José,
homem justo,
a Sabedoria está convosco,
bendito é Jesus, o fruto de Maria, vossa fiel esposa.
São José, digno pai e protetor de Jesus Cristo,
rogai por nós, pecadores,
e obtende-nos de Deus a divina Sabedoria,
agora e na hora da nossa morte. Amém.
19. São José, Patrono da Igreja,
Vós que, ao lado do Verbo encarnado,
trabalhastes cada dia para ganhar o pão,
tirando dele a força de viver e trabalhar;
Vós que irradiais o exemplo de vossa pessoa,
humilde diante dos homens,
mas grandiosa diante de Deus:
olhai a imensa família que é confiada a Vós.
Abençoai a Igreja,
sustentando-a sempre no caminho da fidelidade evangélica;
protegei os trabalhadores em sua dura vida diária,
defendendo-os do desânimo,
da revolta negativa e da tentação do hedonismo;
intercedei pelos pobres,
que continuam na terra a pobreza de Cristo,
suscitando para eles as contínuas providências
dos irmãos mais dotados;
e guardai a paz no mundo,
aquela paz que é a única capaz de garantir
o desenvolvimento dos povos
e a plena realização das esperanças humanas,
para o bem da humanidade,
para a missão da Igreja
e para a glória da Santíssima Trindade.

20. Ó São José,
esposo da Virgem Maria Santíssima,
que tanto colaborou com Jesus na obra da Redenção,
interceda a Deus por nós.
Conceda-nos a graça, através de Deus,
de viver sempre na humildade
seguindo sempre seu exemplo.
Ajude-nos a ter uma grande fé,
a superar os obstáculos,
as dúvidas que surgem em nosso caminho.
Ajude-nos a dedicar-nos ao trabalho.
Abençoe todos os operários
para que possam ser valorizados
e seu trabalho seja reconhecido.
Para que possam ter bons salários,
e condições saudáveis de vida.
Que a exemplo da família de Nazaré
possamos viver unidos agora e para sempre.
Amém.

21. São José,
consolo dos sofredores e agonizantes,
tivestes a graça de permanecer até o fim de vossos dias
na companhia de Jesus e de sua Mãe.
Nós vos imploramos que a vossa intercessão nos obtenha
a graça de uma santa morte.
E, durante a vida terrestre, sede nosso modelo e auxílio,
para, com a consciência das tarefas bem cumpridas,
com o coração puro e alegre,
seguirmos ao encontro de Deus.
Amém.

 

Terço de São José

Esquema 1
Reza-se como o Rosário Mariano, substituindo-se cada “Ave Maria” pela seguinte invocação:
T. José, filho de Davi e esposo de Maria, nós te veneramos como guarda do Redentor e adoramos ao Filho a quem destes o nome de Jesus.

D. São José, Padroeiro da Igreja Universal.
T. Rogai por nós, para que te imitemos com total dedicação aos interesses do Salvador. Amém.

Esquema 2
A vós, glorioso São José, ofereço este terço em louvor e glória de Jesus, Maria e José, para que sejais minha luz, meu guarda, meu guia, proteção, defesa, amparo, fortaleza, alegria em todos os meus trabalhos, tribulações e agonia.
Pelo nome de Jesus, pela glória de Maria, imploro o vosso poderoso patrocínio, para que me alcanceis a graça que desejo.
Falai em meu favor, advogai em minha causa no céu e na terra, alegrai a minha alma para a honra e glória vossa. Jesus, Maria, José.

(no lugar do Pai-Nosso)
D. Meu glorioso São José, nas vossas maiores aflições e atribulações, o Anjo não vos valeu?
T. Valei-me São José.
(no lugar das Ave-Marias)
T. São José, valei-me

OS MISTÉRIOS
1º O matrimônio de José e Maria (Mt 1,18)
2º O anúncio do Anjo (Mt 1,19-21)
3º O nascimento e nome de Jesus (Mt 1, 22-25)
4º A fuga para o Egito (Mt 2,13-15)
5º A vida escondida em Nazaré (Mt 2,23; Lc 2,51-52)