Casar ou ser padre: como saber a decisão certa?

Você está em um momento de decisão entre casar ou ser padre? Sente que seu coração já está certo de qual caminho seguir, mas ainda tem medo e receio de não ser a decisão certa? 

É natural que para tomar qualquer decisão na vida você passe por um processo, no qual seja necessário parar e refletir. Decisões que definem o futuro e o rumo que a vida vai levar, demandam de muita oração e reflexão. Além disso, é comum que haja dúvidas. 

Conteúdo relacionado: E agora, qual a minha vocação?

No entanto, a vocação é um presente de Deus, é um convite para a felicidade eterna. Segundo o Papa Francisco: “a nossa vida e a nossa presença no mundo são frutos de uma vocação divina, para a qual é preciso um processo de discernimento”. 

O pontífice completa explicando que “o chamado do Senhor não é evidente, como tantas coisas que podemos ouvir, ver ou tocar na nossa experiência diária. Deus vem de forma silenciosa e discreta, sem se impor à nossa liberdade. Assim pode acontecer que a sua voz fique sufocada pelas muitas inquietações e solicitações que ocupam a nossa mente e o nosso coração”.

Portanto, para discernir e ter a certeza de que está tomando a decisão certa, você precisar ter um relacionamento profundo e de intimidade com Deus, precisa ouvi-lo e estar atentos aos sinais.

Com esse artigo, vamos te ajudar a compreender melhor se a sua decisão é a certa ou se ainda precisa de mais tempo! 

Casar ou ser padre: e agora?

Os jovens que já conheceram o amor de Jesus se afligem muito com essa dúvida: casar ou ser padre? Além disso, quando estão quase decididos, sentem dúvidas se a decisão é a certa. 

Sabemos que muitas vezes o coração se divide entre os dois caminhos, principalmente porque não queremos errar e queremos seguir a estrada correta, aquela que Deus reservou verdadeiramente para nós. O medo de ser infeliz também pode ser uma das questões que preocupa os jovens no caminho de discernimento. 

É muito importante que você escute a Deus e siga seu coração, afinal de contas, mesmo que a vocação seja dada por Deus, ainda é uma decisão exclusivamente sua.

Além disso, descanse no Senhor. Ele jamais te levaria para um caminho de infelicidade, enquanto isso, se aprofunde no serviço à comunidade e desenvolva relacionamentos fecundos que te levem para o caminho de santidade. 

Casar: essa é a minha vocação?

A vocação matrimonial é unir a masculinidade e a feminilidade formando um todo. Além disso, um casal tem a missão de ter filhos e transmitir-lhes o amor de Deus e a alegria de ser dEle. 

Para te ajudar no seu discernimento pelo casamento, você pode se fazer perguntas, como: tenho inclinação para amar e me doar para uma pessoa? Tenho interesse pelas atividades que correspondem um casamento? Como me sinto perto de crianças, eu gosto de ensiná-las? E, por fim, eu me imagino tendo um lar e cuidando dele? 

Essas são perguntas básicas que podem ter um papel importante no processo de decisão entre casar ou ser padre. 

Ser padre: essa é minha vocação?

O Papa emérito Bento XVI numa carta dirigida aos seminaristas, em 2010, disse que “Deus vive, e precisa de homens que vivam para Ele e O levem aos outros”. 

Ou seja, essas pessoas são os sacerdotes. Eles têm a missão de amar e servir toda uma comunidade e, diferente de um marido, ama e se dedica para muitas pessoas. O sacerdote também tem a autoridade de perdoar pecados e celebrar a Eucaristia.

Conteúdos relacionados: Sacerdócio: 7 características que Deus pode estar te chamando

Existem alguns pontos que você pode olhar e refletir para compreender se Deus te chama ao sacerdócio. Por exemplo, eu tenho o desejo de trabalhar para a salvação das almas? Como fica o meu coração diante da necessidade deixar tudo para trás e seguir a Deus? Eu amo a Igreja e a Eucaristia? 

Esses são alguns pontos básicos que precisam fazer parte de um coração decidido ao sacerdócio! Reflita bem, se as suas respostas forem SIM, então, você está tomando a decisão certa! 

Em resumo, casar ou ser padre são duas vocações maravilhosas e em ambas precisamos de gente. Afinal de contas, a messe é grande! Deus permite o discernimento, a reflexão e principalmente, a decisão. 

Deus nos dá muitos sinais dos seus desejos e também se estamos no caminho certo ou chegando lá, mas confira se você está prestando atenção aos sinais dEle. 

Te convidamos para se aprofundar nesse caminho com um Guia que preparamos com todo carinho para você! Baixe o e-book e reze pelo seu discernimento e vocação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *