Como é o dia a dia de um Oblato de São José?

O dia a dia de toda Congregação é norteado por meio de seu carisma e espiritualidade. Vai de acordo com a missão dada por Deus. 

A Congregação Oblatos de São José foi fundada por São José Marello, em 14 de março de 1878, na Itália. Marello foi um homem com uma fé profunda que vivia a exemplo de São José, pai de Jesus. 

Marello se preocupava profundamente com a forma com que os jovens da sua época viviam e se desenvolviam. Portanto, para cuidar dessas pessoas e oferecer um caminho consistente, de amor, educação e esperança, reuniu um grupo específico para cuidar delas. Consequentemente, o dia a dia de um Oblato de São José é voltado para essa missão.

Conteúdo relacionado: Conheça o apostolado da Congregação Oblatos de São José

Porém, apesar de ser um serviço constante e de extrema importância, os Oblatos de São José precisam, no dia a dia, amar a Deus, que os amou primeiro. Além disso, esforçam-se, em todas as circunstâncias, para alimentar a vida escondida com Cristo, em Deus. Portanto, cultivam com assiduidade o espírito de oração e a própria oração, buscando-os nas fontes genuínas da espiritualidade cristã.

O dia a dia de um Oblato de São José 

Os Oblatos de São José são fiéis ao ensinamento e exemplo do seu fundador e os reproduzem cotidianamente. 

No dia a dia, os membros da congregação dedicam-se à propagação da devoção a São José. Essa propagação é feita através dos serviços à educação cristã da juventude, ao apostolado social, às atividades paroquiais e às missões. 

De forma prática, promovem o chamado, o acompanhamento e a formação dos jovens vocacionados à vida religiosa e sacerdotal membros de nossa Congregação. Fazem isso através da oração diária, de modo que novas vocações sejam despertadas para a Igreja e para a Congregação e pela perseverança e fidelidade vocacional dos jovens a nós confiados. 

Além das orações diárias pelas vidas vocacionadas, todo dia 15, há uma missa na intenção dos Benfeitores da Congregação, responsáveis por incentivar e ajudar com bondade as vocações Oblatas.

No dia a dia de um Oblato de São José, há também o compromisso de enviar mensagens religiosas aos benfeitores com conteúdo informativo, pensamentos ou cartas.

Todos esses compromissos são feitos seguindo o exemplo da vida, apostolado e imitando as virtudes de São José: silêncio, o amor ao trabalho, a prática da justiça, a confiança ilimitada na Providência Divina, a devoção a Maria, a dedicação aos interesses de Jesus.

O que é ser um Oblato de São José 

Ser um josefino é ser um religioso consagrado, tendo São José como seu modelo e protetor; é seguir reta e obedientemente o Mestre e seus conselhos; é ter uma vida escondida em Deus e dar passos silenciosos imitando São José, grande modelo de vida pobre e obscura. 

Conteúdo relacionado: Quem são os Oblatos?

Também faz parte do carisma Oblato a dedicação ao apostolado ministerial que lhes é peculiar. Além disso, os josefinos devem servir ao próximo e não a si mesmos. 

Todas as obrigações do dia a dia de um Oblato de São José são experimentadas durante as fases de formação, sendo essas: Aspirantado, Postulado, Noviciado, período da Profissão Temporária até a Profissão Perpétua. 

As obrigações e os trabalhos servem para dignificar e são uma forma do josefino doar a sua vida para os irmãos e para Deus. Além disso, o serviço dá frutos na vida de quem é tocado por ele, é uma maneira de evangelização e de sentir o amor de Deus.

Como mencionado no início do texto, toda congregação tem suas particularidades, além da rotina do dia a dia dos Oblatos de São José, há muito mais para conhecer e se aprofundar na vida Oblata. 

Convidamos você para ler os conteúdos Vocacionais do nosso site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *